Eu consigo conversar com gringos sem gaguejar, assistir séries sem legendas, fazer muralhas de texto em inglês sobre assuntos esotéricos como a abordagem teleológica que se faz da história dos point-and-click adventures em discussões com estranhos na internet.

E ainda não consigo gravar o nome dos dias da semana em inglês.

Medir seu próprio progresso na aprendizagem de uma nova língua é bem difícil, né? Tipo, às vezes penso "já tô estudando japonês faz sei lá quantos meses e não aprendi nada", mas só o fato de eu conseguir ler uma linha inteira escrita em kana sem recorrer a algum material de referência e entender uns 5% do que li já é um *baita* progresso. Pô, só o fato de eu saber diferenciar hiragana, katakana e kanji já é um avanço e tanto - antes meu cérebro só via os símbolos como puro ruído.

Any foreign enough language is undistinguishable from satanic invocations.

~a philosopher, I guess, dunno

Nunca tinha dado bola pra essas historinhas, mas não é que são um exercício bem bacana?

Essas primeiras lições do Duolingo são uma canjinha mesmo, que é o que eu tava precisando, nada como voltar na paz e calmaria.

Finally, after almost four years, polyglot.city has a server-specific thumbnail image that is replacing the default mastodon banner. The image is made by @lpslucasps. Thank you Lucas! 🎉

If you want to appreciate the banner, go to our instance's about page.

Agora ao Duolingo! (que é feio, bobo e cara de mamão mas ainda considero uma boa ferramenta para criar o hábito de fazer exercícios diários)

45 erros nas katakana - ou, 69,8% corretos. Melhor do que eu esperava.

Retomando os estudos de japonês depois de 200+ dias parado. Comecei leve, só retomando o baralho de kanas do Anki. Pra minha feliz surpresa reti muito bem os hiraganas, apenas 7 erros. Agora vamos ver as katakanas...

Pra ser justo, algumas variedades do português brasileiro devem ter o mesmo efeito para quem só aprendeu a norma culta da língua. Imagina um gringo tentando entender um mineirês, por exemplo?

Show thread

É curioso como consigo ler textos acadêmicos e jornalísticos e francês sem dificuldade alguma, mas o francês cotidiano que vejo sendo usado em redes sociais, músicas, tv, etc. às vezes é incompreensível pra mim. É tanta gíria e figura de linguagem que parece outra língua.

Esse capítulo 3 do 元気 não é brincadeira, introduzindo kanjis e conjugação de verbos numa tacada só. O aumento de dificuldade tá pior do que quando fui pro futuro pela primeira vez em OoT. 😰

O Duolingo é bobo, feio e cara de mamão, mas nos dias que eu tô cansadaço ele é uma mão na roda para eu pelo menos treinar um tiquinho de nada.

FYI, I just checked. If you live here in Madagascar, use internet on your phone, and are with Telma (the largest phone/internet provider), then buying 1 gigabyte of Facebook/WhatsApp/Instagram access costs only *half* the price of buying 100 megabytes of general internet access.

Show thread
Show older
Polyglot City

Polyglot City is the right instance for you, if you're interested in linguistics, languages, language learning and translating, or if you are multilingual or polyglot. All languages are allowed to flourish on our timelines. And of course you're free to talk about anything else besides languages, too. Make this your personal home!